tutorial

Caros amigos, é simples localizar uma melodia aqui no blog, basta ir no box "pesquisar no blog" e escrever o parametro da pesquisa, seja o numero do salmo, ou uma frase, ou a data logo abaixo da janelinha do Facebook (aliás, visite minha página, mande um convite ou seja um seguidor). Você também encontrará as melodias nos arquivos do blog, onde são disponibilizadas por ordem de data cronologicamente. Você ainda tem a opção de receber as melodias novas no seu Email, basta cadastrá-lo no box "siga-nos em seu Email". Se você usar a melodia do blog, por favor, deixe um comentário com sua cidade e paróquia. Espero ajudar, boa Missa à todos.

Aos Salmistas...

Para cantar a ti, meu Senhor Jesus, quem me dera ter olhos de águia, coração de criança e uma língua polida pelo silêncio!
Frei Ignácio de Larrañaga

Ouça a radio cantesalmos

Ouça a rádio cantesalmos - para uma melhor navegação, click no link a seguir com o botão direito e escolha "abrir em uma nova guia"


pesquise no blog

siga-nos em seu email

salmo 68, 01 de agosto 2014 (01/08/2014)

Este salmo nos mostra que: não tendo mais a quem recorrer, a pessoa suplica a Deus, que é o refúgio dos necessitados. Quando o pobre e o fraco são libertos, também os outros se alegram e se encorajam, descobrindo que Deus está aliado com eles. Essa é a maior glória para Deus.





arali - backing
marco poeta - melodia, violão e backing
cintia - backing
leandro leoncio - guitarra
leandro - voz, baixo e programação

IMAG0053 IMAG0066
Arali                                                      Leoncio

100_7474 100_7473
Cintia                                                    Marco

DSCN0443
Leandro


G                          Bm          C                 D
Respondei-me, ó Senhor, pelo vosso imenso amor!
           C              G           D7                  G
Respondei-me, ó Senhor, pelo vosso imenso amor!

C                                         Em
Mais numerosos que os cabelos da cabeça,
C                                            Em
são aqueles que me odeiam sem motivo; 
C                                            Em
meus inimigos são mais fortes do que eu; 
C                        Em              D
contra mim eles se voltam com mentiras!
C                           Em
Por acaso poderei restituir
C                        Em              D
alguma coisa que de outros não roubei?


Por vossa causa é que sofri tantos insultos, 
e o meu rosto se cobriu de confusão; 
eu me tornei como um estranho a meus irmãos, 
como estrangeiro para os filhos de minha mãe. 


Pois meu zelo e meu amor por vossa casa 
me devoram como fogo abrasador; 
e os insultos de infiéis que vos ultrajam 
recaíram todos eles sobre mim!   

Por isso elevo para vós minha oração, 
neste tempo favorável, Senhor Deus! 
Respondei-me pelo vosso imenso amor,
 pela vossa salvação que nunca falha!  
Obrigado por acessar o blog!!! Curta e compartilhe esta postagem !!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sua participação é muito importante para nós