tutorial

Caros amigos, é simples localizar uma melodia aqui no blog, basta ir no box "pesquisar no blog" e escrever o parametro da pesquisa, seja o numero do salmo, ou uma frase, ou a data logo abaixo da janelinha do Facebook (aliás, visite minha página, mande um convite ou seja um seguidor). Você também encontrará as melodias nos arquivos do blog, onde são disponibilizadas por ordem de data cronologicamente. Você ainda tem a opção de receber as melodias novas no seu Email, basta cadastrá-lo no box "siga-nos em seu Email". Se você usar a melodia do blog, por favor, deixe um comentário com sua cidade e paróquia. Espero ajudar, boa Missa à todos.

Aos Salmistas...

Para cantar a ti, meu Senhor Jesus, quem me dera ter olhos de águia, coração de criança e uma língua polida pelo silêncio!
Frei Ignácio de Larrañaga

Ouça a radio cantesalmos

Ouça a rádio cantesalmos - para uma melhor navegação, click no link a seguir com o botão direito e escolha "abrir em uma nova guia"


pesquise no blog

siga-nos em seu email

salmo 89, 31 de julho 2016 (31/07/2016)

Deus, confirma a nossa vida!
Oração coletiva de súplica, diante da fragilidade e brevidade da vida humana 

opção 01


*melodia disponibilizada por Portal da Musica Catolica interpretada por João Victor


D9                          Bm7        Gm7              D9   
Vós fostes, ó Senhor, um refúgio para nós!


  F                                          F/Bb
Vós fazeis voltar ao pó todo mortal,
              Dm7                F/C                 F/Bb
quando dizeis: “Voltai ao pó,filhos de adão!”
F                                                    F/Bb
Pois mil anos para vós são como ontem,
          Dm7              F/C            F/Bb   C
qual vigília de uma noite que passou.



Eles passam como o sono de manhã,
são iguais à erva verde pelos campos:
De manhã ela floresce vicejante,
Mas à tarde é cortada e logo seca.


Ensinai-nos a contar os nossos dias,
e dai ao nosso coração sabedoria!
Senhor, voltai-vos! Até quando tardareis?
Tende piedade e compaixão de vossos servos!


— Saciai-nos de manhã com vosso amor,/ 
e exultaremos de alegria todo o dia!/ 
Que a bondade do Senhor e nosso Deus/ 
repouse sobre nós e nos conduza!/ 
Tornai fecundo, ó Senhor, nosso trabalho.


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
opção 02



Disponibilizado por Comunidade Canção Nova



    E   E7+          A9        F#m7       E9/G#     A          B4
 — Vós fostes, ó Senhor, um refúgio para nós! um refúgio para nós! 
    E   E7+          A9        F#m7       E9/G#     A          B4
 — Vós fostes, ó Senhor, um refúgio para nós! um refúgio para nós! 


 A                        G#m7                   
  Vós fazeis voltar ao pó todo mortal, 
              A                     F#m7                 B4 B
quando dizeis: “Voltai ao pó, filhos de Adão!”
 A                                G#m7                      
  Pois mil anos para vós são como ontem,
           A               F#m7                B4  B
 qual vigília de uma noite que passou.


— Eles passam como o sono da manhã,/ 
são iguais à erva verde pelos campos:/ 
de manhã ela floresce vicejante,/ 
mas à tarde é cortada e logo seca.


— Ensinai-nos a contar os nossos dias,/ 
e dai ao nosso coração sabedoria!/ 
Senhor, voltai-vos! Até quando tardareis?/ 
Tende piedade e compaixão de vossos servos!


— Saciai-nos de manhã com vosso amor,/ 
e exultaremos de alegria todo o dia!/ 
Que a bondade do Senhor e nosso Deus/ 
repouse sobre nós e nos conduza!/ 
Tornai fecundo, ó Senhor, nosso trabalho.



--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Opção 03



*melodia do CD Liturgia XII, Padre Jose Weber. 



       G         C         G  C       Am    D      G
Vós fostes, ó Senhor, um refúgio para nós! (bis)


                G                         Em         Am  
1- Vós fazeis voltar ao pó todo mortal/ 
                D                     D7                   G
Quando dizeis: 'Voltai ao pó, filhos de Adão!'
              G                          Em         Am                         
Pois mil anos para vós são como ontem/ 
             Bm                D       D7           G
Qual vigília de uma noite que passou.


— Eles passam como o sono da manhã,/ 
são iguais à erva verde pelos campos:/ 
de manhã ela floresce vicejante,/ 
mas à tarde é cortada e logo seca.


— Ensinai-nos a contar os nossos dias,/ 
e dai ao nosso coração sabedoria!/ 
Senhor, voltai-vos! Até quando tardareis?/ 
Tende piedade e compaixão de vossos servos!


— Saciai-nos de manhã com vosso amor,/ 
e exultaremos de alegria todo o dia!/ 
Que a bondade do Senhor e nosso Deus/ 
repouse sobre nós e nos conduza!/ 
Tornai fecundo, ó Senhor, nosso trabalho.




Obrigado por acessar o blog!!! Curta e compartilhe esta postagem !!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sua participação é muito importante para nós