tutorial

Caros amigos, é simples localizar uma melodia aqui no blog, basta ir no box "pesquisar no blog" e escrever o parâmetro da pesquisa, seja o numero do salmo, ou uma frase, ou a data, aproveita clica no link do Facebook no lado esquerdo. Você também encontrará as melodias nos arquivos do blog, onde são disponibilizadas por ordem de data cronologicamente. Você ainda tem a opção de receber as melodias novas no seu Email, basta cadastrá-lo no box "siga-nos em seu Email". Se você usar a melodia do blog, por favor, deixe um comentário com sua cidade e paróquia. Espero ajudar, boa Missa à todos.

Aos Salmistas...

Para cantar a ti, meu Senhor Jesus, quem me dera ter olhos de águia, coração de criança e uma língua polida pelo silêncio!
Frei Ignácio de Larrañaga

salmo 138, 30 de setembro 2016

Neste salmo é nos mostrado que Deus está presente em todos os lugares , conhece  nossos sentimentos e compartilha conosco todos os momentos da nossa vida.

 

marcio - melodia, guitarra, segunda voz
vilza - primeira voz
leandro - gaita, baixolão, panderola, backing

G                                              C
Conduzi-me no caminho para a vida,
           D                                                  C  G
 ó Senhor! Conduzi-me no caminho para a vida,

G                                              C  
Senhor, vós me sondais e conheceis,
D                                                 C G
sabeis quando me sento ou me levanto;
G                                              C   
de longe penetrais meus pensamentos,
D                                                          C   G
percebeis quando me deito e quando eu ando,
G                                                          C  
os meus caminhos vos são todos conhecidos. 
D                                                          C  G
os meus caminhos vos são todos conhecidos. (R)


Em que lugar me ocultarei de vosso espírito?
E para onde fugirei de vossa face? 
Se eu subir até os céus, ali estais; 
se eu descer até o abismo, estais presente.   (R)


Se a aurora me emprestar as suas asas, 
para eu voar e habitar no fim dos mares; 
mesmo lá vai me guiar a vossa mão 
e segurar-me com firmeza a vossa destra.   (R)


Fostes vós que me formastes as entranhas, 
e no seio de minha mãe vós me tecestes. 
Eu vos louvo e vos dou graças, ó Senhor, 
porque de modo admirável me formastes! 
Que prodígio e maravilha as vossas obras!    (R)



salmo 137, 29 de setembro 2016

Este salmo é uma oração de agradecimento, onde o salmista revela que já não suportava determinada situação e clamou a Deus, implorando Sua ajuda, recebendo uma graça maior do que a necessitada.

 


*melodia adaptada de original disponibilizado por www.cancaonova.com


D                        Bm    G            D                A
Perante os vossos anjos vou cantar-vos, ó Senhor!
D                        Bm    G            A                 D      A7         
Perante os vossos anjos vou cantar-vos, ó Senhor!


           D                                             A
— Ó Senhor, de coração eu vos dou graças, 
            G                                                D
 porque ouvistes as palavras dos meus lábios!/
   Bm                                                  A
Perante os vossos anjos vou cantar-vos/
   G                       A                        D   A7
e ante o vosso templo vou prostrar-me. 


Eu agradeço vosso amor, vossa verdade,
porque fizestes muito mais que prometestes;
naquele dia em que gritei, vós me escutastes
e aumentastes o vigor da minha alma. (R)


Os reis de toda a terra hão de louvar-vos,
quando ouvirem, ó Senhor, vossa promessa.
Hão de cantar vossos caminhos e dirão:
 "Como a glória do Senhor é grandiosa!" 



salmo 87, 28 de setembro 2016

O salmista já se sente no mundo dos mortos. Para o israelita, esse fato significa ficar longe da história, na qual Deus está presente e age e, portanto, estar à margem do povo de Deus, longe do culto, da salvação, completamente esquecido.




*melodia disponibilizada por Banda Coração Divino, de Itararé SP



salmo 87, 27 de setembro 2016

O salmista já se sente no mundo dos mortos. Para o israelita, esse fato significa ficar longe da história, na qual Deus está presente e age e, portanto, estar à margem do povo de Deus, longe do culto, da salvação, completamente esquecido.


Leandro - melodia, voz e arranjos

D             A/C#m      Bm G        D/F#m           E
Chegue a minha oração até a vossa presença.
D             A/C#m      Bm G        A                  D   A7
Chegue a minha oração até a vossa presença.


G                                              D
A vós clamo, Senhor, sem cessar, todo o dia, 
G                                            D
e de noite se eleva até vós meu gemido. 
               Bm                           A
Chegue a minha oração até a vossa presença, 
 G                                              A                D    A7
inclinai vosso ouvido a meu triste clamor!   (R) 


Saturada de males se encontra a minh'alma, 
minha vida chegou junto às portas da morte. 
Sou contado entre aqueles que descem à cova, 
Toda gente me vê como um caso perdido!   (R)

O meu leito já tenho no reino dos mortos, 
como um homem caído que jaz no sepulcro, 
de quem mesmo o Senhor se esqueceu para sempre 
e excluiu por completo de sua atenção.  (R)

O Senhor, me pusestes na cova mais funda, 
nos locais tenebrosos da sombra da morte. 
Sobre mim cai o peso do vosso furor, 
vossas ondas enormes me cobrem, me afogam.   (R) 



salmo 16, 26 de setembro 2016

Este salmo é um clamor a Deus, onde o salmista pede Sua presença pois está à seguir Seus mandamentos.



Disponibilizado por Arquidiocese de Goiânia GO. Melodia de Irmã Miria Kolling

        Em                   D  Am  B7    Em
— Inclinai o vosso ouvido e escutai-me!


    Em                                       D
— Ó Senhor, ouvi a minha justa causa, 
  Bm                                 Em
escutai-me e atendei o meu clamor!
  Am                                    B7
Inclinai o vosso ouvido à minha prece, 
                                                 Em
pois não existe falsidade nos meus lábios!


— De vossa face é que me venha o julgamento, 
pois vossos olhos sabem ver o que é justo. 
Provai meu coração durante a noite, visitai-o, examinai-o pelo fogo, 
mas em mim não achareis iniquidade.



— Eu vos chamo, ó meu Deus, porque me ouvis, 
inclinai o vosso ouvido e escutai-me!
 Mostrai-me vosso amor maravilhoso, vós que salvais e libertais do inimigo 
quem procura a proteção junto de vós.


salmo 145, 25 de setembro 2016

Deus é fiel aos oprimidos
Hino de louvor, proclamando a fidelidade de Deus, que fundamenta a confiança do povo.

Opção 01




*melodia disponibilizada por www.cancaonova.com

Em                  D       C               B7
Bendize minha alma, e louva ao Senhor!
Em                  D       C    B7        E
Bendize minha alma, e louva ao Senhor!


        E                       D
O Senhor é fiel para sempre
 C                                   B7
Faz justiça aos que são oprimidos
           Em                  D
Ele dá alimento aos famintos
        C                               B7
É o Senhor quem liberta os cativos


O Senhor abre os olhos aos cegos,
o Senhor faz erguer-se o caído,
o Senhor ama aquele que é justo.
É o Senhor quem protege o estrangeiro.


Ele ampara a viúva e o órfão,
mas confunde os caminhos dos maus.
O Senhor reinará para sempre!
Ó Sião, o teu Deus reinará
para sempre e por todos os séculos!


___________________________________________________
Opção 02




*disponibilizado por Comunidade Canção Nova, com interpretação de Rosiane Tais.



    D               Em             A4          D
Bendize minha alma, e louva ao Senhor!
    D               Em             A4          D   A4
Bendize minha alma, e louva ao Senhor!


       G       A           F#m    Bm
O Senhor é fiel para sempre
     Em                    G             A4
Faz justiça aos que são oprimidos
       G        A        C  F#m    Bm
Ele dá alimento aos famintos
        Em                G              A4
É o Senhor quem liberta os cativos


O Senhor abre os olhos aos cegos,
o Senhor faz erguer-se o caído,
o Senhor ama aquele que é justo.
É o Senhor quem protege o estrangeiro.


Ele ampara a viúva e o órfão,
mas confunde os caminhos dos maus.
O Senhor reinará para sempre!
Ó Sião, o teu Deus reinará
para sempre e por todos os séculos!


______________________________________________________________________
OPÇÃO 03


*disponibilizado por Comunidade Catolica Shalom, com interpretação de Leozany Oliveira


 D                   G   A                       D
Bendize minha alma, e louva ao Senhor!
 D                   G   A       G             D
Bendize minha alma, e louva ao Senhor!


  F#m                       Bm  
O Senhor é fiel para sempre
  F#m                            Bm
Faz justiça aos que são oprimidos
     G                            A
Ele dá alimento aos famintos
     G                                       A       D
É o Senhor quem liberta os cativos


O Senhor abre os olhos aos cegos,
o Senhor faz erguer-se o caído,
o Senhor ama aquele que é justo.
É o Senhor quem protege o estrangeiro.


Ele ampara a viúva e o órfão,
mas confunde os caminhos dos maus.
O Senhor reinará para sempre!
Ó Sião, o teu Deus reinará
para sempre e por todos os séculos!


_______________________________________________________
Opção 04



Disponibilizado por Portal da Musica Catolica, com interpretação de Adrielle Lopes.

G,                                   Em
Bendize, minha alma, e louva ao Senhor!
      Am,                           D
Bendize, minha alma, e louva ao Senhor!


    C              D                                  
- O Senhor é fiel para sempre,
 Bm                      Em        
faz justiça aos que são oprimidos;
C              D
ele dá alimento aos famintos,
C/Em     D  
é o Senhor quem liberta os cativos.


O Senhor abre os olhos aos cegos,
o Senhor faz erguer-se o caído,
o Senhor ama aquele que é justo.
É o Senhor quem protege o estrangeiro.


Ele ampara a viúva e o órfão,
mas confunde os caminhos dos maus.
O Senhor reinará para sempre!
Ó Sião, o teu Deus reinará
para sempre e por todos os séculos!


Sobe Meio Tom e Volta no Refrão

______________________________________________________

salmo 143, 23 de setembro 2016

 Este é um salmo de agradecimento, onde o salmista diz que todas suas habilidades para vencer os obstáculos são decorrentes da Graça de Deus. 


Video disponibilizado por Adriano Fiarresgo



A           E              D                     E
Bendito seja o Senhor, meu rochedo!


F#m                         E                  D                
Bendito seja o Senhor, meu rochedo, 
 F#m                                  E                                  
Ele é meu amor, meu refúgio, 
         D                          F#m 
libertador, fortaleza e abrigo; 
               Bm      D                  G7   E7
é meu escudo: é nele que espero. (R)


F#m                                         E
Que é o homem, Senhor, para vós? 
              D                               E
Por que dele cuidais tanto assim, 
F#m                                 E
e no filho do homem pensais? 
               D                          F#m
Como o sopro de vento é o homem, 
        Bm             D                   G7   E7
os seus dias são sombra que passa.   (R) 


salmo 89, 22 de setembro 2016

*melodia disponibilizada por Portal da Musica Catolica interpretada por João Victor



D9                          Bm7        Gm7              D9   
Vós fostes, ó Senhor, um refúgio para nós!



  F                                          F/Bb
Vós fazeis voltar ao pó todo mortal,
              Dm7                F/C                 F/Bb
quando dizeis: “Voltai ao pó,filhos de adão!”
F                                                    F/Bb
Pois mil anos para vós são como ontem,
          Dm7              F/C            F/Bb   C
qual vigília de uma noite que passou.



Eles passam como o sono de manhã,
são iguais à erva verde pelos campos:
De manhã ela floresce vicejante,
Mas à tarde é cortada e logo seca.



Ensinai-nos a contar os nossos dias,
e dai ao nosso coração sabedoria!
Senhor, voltai-vos! Até quando tardareis?
Tende piedade e compaixão de vossos servos!



Saciai-nos de manhã com vosso amor
e exultaremos de alegria todo o dia!
Que a bondade do Senhor e nosso Deus
repouse sobre nós e nos conduza!



salmo 18, 21 de setembro 2016

Neste salmo vemos que a palavra de Deus é verdadeira, nos conforta e  faz, daquele que a acata, pessoa digna, justa e verdadeiramente feliz.

 
Salmo entoado por Moacir, na Paroquia Sagrado Coração de Jesus, em São João da Boa Vista SP

                    D                                                  G
— Seu som ressoa e se espalha em toda a terra!
                   D                         A                        D
— Seu som ressoa e se espalha em toda a terra!



                   D                                         G
— Os céus proclamam a glória do Senhor, 
           D                A                         D
e o firmamento, a obra de suas mãos; 
             D                                        G
o dia ao dia transmite esta mensagem, 
           D            A                        D
a noite à noite publica esta notícia!



— Não são discursos nem frases ou palavras, 
nem são vozes que possam ser ouvidas; 
seu som ressoa e se espalha em toda a terra, 
chega aos confins do universo a sua voz! 



salmo 118, 20 de setembro 2016

Neste salmo vemos que a palavra de Deus é viva, se nos deixarmos guiar por ela, a verdadeira felicidade nos acompanhará. 


Leandro - Melodia, voz e arranjos
Marlene - Voz solo

 C                     Am          F                           C
Guiai-me, Senhor, no caminho de vossos preceitos!
Am                        F                               G                   
Guiai-me, no caminho de vossos preceitos!



Am                                                        Em    
Feliz o homem sem pecado em seu caminho
    F                              C                                        
que na lei do Senhor Deus vai progredindo! 
Am                                       Em
Fazei-me conhecer vossos caminhos, 
F                                                 G                    
e então meditarei vossos prodígios! (R)


Escolhi seguir a trilha da verdade, 
diante de mim eu coloquei vossos preceitos.
Dai-me o saber, e cumprirei a vossa lei, 
e de todo o coração a guardarei. (R)


Guiai meus passos no caminho que traçastes, 
pois só nele encontrarei felicidade. 
Cumprirei constantemente a vossa lei, 
para sempre, eternamente a cumprirei! (R) 



pesquise no blog

siga-nos em seu email