tutorial

Caros amigos, é simples localizar uma melodia aqui no blog, basta ir no box "pesquisar no blog" e escrever o parametro da pesquisa, seja o numero do salmo, ou uma frase, ou a data logo abaixo da janelinha do Facebook (aliás, visite minha página, mande um convite ou seja um seguidor). Você também encontrará as melodias nos arquivos do blog, onde são disponibilizadas por ordem de data cronologicamente. Você ainda tem a opção de receber as melodias novas no seu Email, basta cadastrá-lo no box "siga-nos em seu Email". Se você usar a melodia do blog, por favor, deixe um comentário com sua cidade e paróquia. Espero ajudar, boa Missa à todos.

Aos Salmistas...

Para cantar a ti, meu Senhor Jesus, quem me dera ter olhos de águia, coração de criança e uma língua polida pelo silêncio!
Frei Ignácio de Larrañaga

Ouça a radio cantesalmos

Ouça a rádio cantesalmos - para uma melhor navegação, click no link a seguir com o botão direito e escolha "abrir em uma nova guia"


pesquise no blog

siga-nos em seu email

salmo 87, 27 de setembro 2016

O salmista já se sente no mundo dos mortos. Para o israelita, esse fato significa ficar longe da história, na qual Deus está presente e age e, portanto, estar à margem do povo de Deus, longe do culto, da salvação, completamente esquecido.


Leandro - melodia, voz e arranjos

D             A/C#m      Bm G        D/F#m           E
Chegue a minha oração até a vossa presença.
D             A/C#m      Bm G        A                  D   A7
Chegue a minha oração até a vossa presença.


G                                              D
A vós clamo, Senhor, sem cessar, todo o dia, 
G                                            D
e de noite se eleva até vós meu gemido. 
               Bm                           A
Chegue a minha oração até a vossa presença, 
 G                                              A                D    A7
inclinai vosso ouvido a meu triste clamor!   (R) 


Saturada de males se encontra a minh'alma, 
minha vida chegou junto às portas da morte. 
Sou contado entre aqueles que descem à cova, 
Toda gente me vê como um caso perdido!   (R)

O meu leito já tenho no reino dos mortos, 
como um homem caído que jaz no sepulcro, 
de quem mesmo o Senhor se esqueceu para sempre 
e excluiu por completo de sua atenção.  (R)

O Senhor, me pusestes na cova mais funda, 
nos locais tenebrosos da sombra da morte. 
Sobre mim cai o peso do vosso furor, 
vossas ondas enormes me cobrem, me afogam.   (R) 



Obrigado por acessar o blog!!! Curta e compartilhe esta postagem !!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sua participação é muito importante para nós