tutorial

Caros amigos, é simples localizar uma melodia aqui no blog, basta ir no box "pesquisar no blog" e escrever o parametro da pesquisa, seja o numero do salmo, ou uma frase, ou a data logo abaixo da janelinha do Facebook (aliás, visite minha página, mande um convite ou seja um seguidor). Você também encontrará as melodias nos arquivos do blog, onde são disponibilizadas por ordem de data cronologicamente. Você ainda tem a opção de receber as melodias novas no seu Email, basta cadastrá-lo no box "siga-nos em seu Email". Se você usar a melodia do blog, por favor, deixe um comentário com sua cidade e paróquia. Espero ajudar, boa Missa à todos.

Aos Salmistas...

Para cantar a ti, meu Senhor Jesus, quem me dera ter olhos de águia, coração de criança e uma língua polida pelo silêncio!
Frei Ignácio de Larrañaga

Ouça a radio cantesalmos

Ouça a rádio cantesalmos - para uma melhor navegação, click no link a seguir com o botão direito e escolha "abrir em uma nova guia"


pesquise no blog

siga-nos em seu email

salmo 136, 15 de março 2015 (15/03/2015)

O salmista faz um pacto com Deus, prometendo que jamais se esquecerá de todas as obras relizadas em sua vida e se manterá firme com a certeza de que Suas promessas ainda hão de ser cumpridas.




*melodia disponibilizada por www.cancaonova.com, com interpretação de Karina Maria, missionária da Comunidade Canção Nova.


F/A  G/B  C                     G/B                      Am7
Que  se   prenda a minha língua ao céu da boca,/ 
          F              G        Em7       Am7
se de ti, Jerusalém, eu me esquecer. (Bis)

Am7                            F                    G               Am7   
Junto aos rios da Babilônia/nos sentávamos chorando,/
           Am7               F           
(nos sentávamos chorando,)
                G           Am7
com saudades de Sião./ 
                        G/B   C
Nos salgueiros por ali/ 
            Dm7                C/E
penduraremos nossas harpas.
                                F
(Nos salgueiros por ali/ 
             G         Em7       Am7
penduraremos nossas harpas.).


— Pois foi lá que os opressores / nos pediram nossos cânticos; / 
nossos guardas exigiam / alegria na tristeza: /
“Cantai hoje para nós / algum canto de Sião!”
“Cantai hoje para nós / algum canto de Sião!”

— Como havemos de cantar / os cantares do Senhor / 
os cantares do Senhor  numa terra estrangeira? / 
Se de ti, Jerusalém, / algum dia eu me esquecer, / 
que resseque a minha mão, que resseque a minha mão!

— Que se cole a minha língua / e se prenda ao céu da boca, / 
se de ti não me lembrar! / se de ti não me lembrar!
Se não for Jerusalém /minha grande alegria!
Se não for Jerusalém /minha grande alegria!
Obrigado por acessar o blog!!! Curta e compartilhe esta postagem !!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sua participação é muito importante para nós