tutorial

Caros amigos, é simples localizar uma melodia aqui no blog, basta ir no box "pesquisar no blog" e escrever o parametro da pesquisa, seja o numero do salmo, ou uma frase, ou a data logo abaixo da janelinha do Facebook (aliás, visite minha página, mande um convite ou seja um seguidor). Você também encontrará as melodias nos arquivos do blog, onde são disponibilizadas por ordem de data cronologicamente. Você ainda tem a opção de receber as melodias novas no seu Email, basta cadastrá-lo no box "siga-nos em seu Email". Se você usar a melodia do blog, por favor, deixe um comentário com sua cidade e paróquia. Espero ajudar, boa Missa à todos.

Aos Salmistas...

Para cantar a ti, meu Senhor Jesus, quem me dera ter olhos de águia, coração de criança e uma língua polida pelo silêncio!
Frei Ignácio de Larrañaga

Ouça a radio cantesalmos

Ouça a rádio cantesalmos - para uma melhor navegação, click no link a seguir com o botão direito e escolha "abrir em uma nova guia"


pesquise no blog

siga-nos em seu email

salmo 73, 25 de junho 2016 (25/06/2016)

Neste Salmo o povo, desolado em virtude das dificuldades constantes que enfrentam, reconhecem a perdição do mundo, porém pedem que o os justos e humildes ainda assim, reconheçam e glorifiquem a Deus, confiando na sua compaixão.

Disponibilizado por Arquidiocese de Goiania GO



                   F#m           G#7            C#7                   F#m
— Não esqueçais até o fim a humilhação dos vossos pobres.


     F#m                                                                 Bm
— Ó Senhor, por que razão nos rejeitastes para sempre
E                                                                         A
e vos irais contra as ovelhas do rebanho que guiais?
D
Recordai-vos deste povo que outrora adquiristes,
                                                                       Bm
desta tribo que remistes para ser a vossa herança,
C#7                                                             F#m
e do monte de Sião que escolhestes por morada!



— Dirigi-vos até lá para ver quanta ruína:
no santuário o inimigo destruiu todas as coisas;
e, rugindo como feras, no local das grandes festas,
lá puseram suas bandeiras vossos ímpios inimigos.


— Pareciam lenhadores derrubando uma floresta,
ao quebrarem suas portas com martelos e com malhos.
Ó Senhor, puseram fogo mesmo em vosso santuário!
Rebaixaram, profanaram o lugar onde habitais!


— Recordai vossa Aliança! A medida transbordou,
porque nos antros desta terra só existe violência!
Que não se escondam envergonhados o humilde e o pequeno,
mas glorifiquem vosso nome o infeliz e o indigente!



Obrigado por acessar o blog!!! Curta e compartilhe esta postagem !!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sua participação é muito importante para nós