tutorial

Caros amigos, é simples localizar uma melodia aqui no blog, basta ir no box "pesquisar no blog" e escrever o parametro da pesquisa, seja o numero do salmo, ou uma frase, ou a data logo abaixo da janelinha do Facebook (aliás, visite minha página, mande um convite ou seja um seguidor). Você também encontrará as melodias nos arquivos do blog, onde são disponibilizadas por ordem de data cronologicamente. Você ainda tem a opção de receber as melodias novas no seu Email, basta cadastrá-lo no box "siga-nos em seu Email". Se você usar a melodia do blog, por favor, deixe um comentário com sua cidade e paróquia. Espero ajudar, boa Missa à todos.

Aos Salmistas...

Para cantar a ti, meu Senhor Jesus, quem me dera ter olhos de águia, coração de criança e uma língua polida pelo silêncio!
Frei Ignácio de Larrañaga

Ouça a radio cantesalmos

Ouça a rádio cantesalmos - para uma melhor navegação, click no link a seguir com o botão direito e escolha "abrir em uma nova guia"


pesquise no blog

siga-nos em seu email

salmo isaias 38, 15 de julho 2016 (15/07/2016)

Nesta passagem do livro de Isaias, vemos que uma pessoa a beira da morte, questiona à Deus, se é de sua vontade mesmo que se vá, diz que espera pela cura e O louva por isso.





Melodia - Marcio 
Leandro - voz e instrumentos

Dm                                        Bb           C                                  Dm
Vós livrastes minha vida do sepulcro, a fim de eu não deixar de existir.


      C                                              Dm
Eu dizia: “É necessário que eu me vá
           C                                                Dm
no apogeu de minha vida e de meus dias;
                  C                                            Dm
para a mansão triste dos mortos descerei,
Bb                             C                        Dm     Bb    C
sem viver o que me resta dos meus anos”. (R)


Eu dizia: “Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!” (R)


Minha morada foi à força arrebatada,
desarmada como a tenda de um pastor.
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
 mas agora foi cortada a sua trama. (R)


Ó Senhor, meu coração em vós espera;
por vós há de viver o meu espírito,
curai-me e conservai a minha vida. (R) 


Obrigado por acessar o blog!!! Curta e compartilhe esta postagem !!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sua participação é muito importante para nós